Jucá diz que votação da LDO deve ficar para terça-feira

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou hoje que a votação do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) no plenário do Congresso deverá ser feita na terça-feira. A oposição vinha condicionando a votação do projeto da LDO à instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, que tem sido retardada pelos governistas.

Agência Estado |

De acordo com o líder, a reunião de instalação da CPI também ocorrerá na terça-feira e ele disse que a base aliada comparecerá ao encontro. Jucá afirmou categoricamente que da parte do governo "não há relação entre a CPI e a (votação da) LDO".

Só após a votação da LDO é que o Congresso poderá entrar em recesso, o que é desejado pelos aliados do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), pois esperam que a interrupção dos trabalhos do Legislativo sirva para esfriar a crise causada pelas denúncias de irregularidades que envolvem o nome do peemedebista. "O recesso está programado. Não há motivo para evitar o recesso", afirmou Jucá.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG