Jovem que morreu em voo estava com pneumonia, diz IML

SÃO PAULO - A adolescente Jaqueline Ruas, de 15 anos, que morreu na madrugada deste domingo, durante o voo de Orlando, nos Estados Unidos, para Guarulhos, na Grande São Paulo, estava com pneumonia. As informações são do Instituto Médico Legal (IML) de Guarulhos.

Redação com Agência Estado |

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Jaqueline morreu às 5h43, pouco antes de o voo 758W da Copa Airlines pousar no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.

AE
Pai e tia de Jaqueline

Segundo Felipe Fortunato, diretor da agência Tia Augusta Turismo, Jaqueline participou de uma excursão de 12 dias pelo parque de diversões da Disney. 

Ele contou que a adolescente foi levada ao Celebration Hospital, em Orlando, no dia 30 de julho, apresentando sintomas como náuseas e dores pelo corpo. "No hospital foi realizado o exame para diagnosticar se ela estava com a 'gripe suína' e ele deu negativo", afirmou Fortunato.

A adolescente passou cerca de seis horas no hospiral e, depois, foi liberada para seguir viagem.

Ela trazia em sua bagagem várias caixas de medicamentos, entre elas a do Tamiflu, usado no tratamento da "gripe suína". Segundo a Secretaria de Segurança Pública, além do Tamiflu, foram registrados os nomes dos medicamentos Syrup (xarope), Motrin (anti-inflamatório), Tylenol, azitromicina, antiácidos, analgésicos e antibióticos.

Investigação

Segundo o delegado Cristian Santana Lanfredi, a adolescente foi atendida por dois médicos que também eram passageiros e recebeu os procedimentos para reanimação, mas sem sucesso. Ao chegar ao aeroporto, a equipe médica da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) confirmou a morte da garota.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi acionada e designou uma profissional ao local, junto a outros dois profissionais federais, que removeram o corpo para o posto médico da Infraero. 

O corpo de Jaqueline foi levado para o IML de Guarulhos, onde foram feitos exames necroscópicos e toxicológicos, e foi constatada a pneumonia como causa da morte.

O caso foi registrado como morte suspeita e as investigações serão feitas pela Polícia Federal (PF).

Em depoimento à polícia do aeroporto, uma das guias da excursão disse que a menina fez dois exames nos EUA e, segundo o delegado, lá ficou constatado que ela estava com pneumonia.

Leia mais sobre morte de adolescente

    Leia tudo sobre: adolescentedisneymortevôo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG