RIO DE JANEIRO ¿ O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou que a jovem Caroline de Souza Castro, que abandonou o filho recém-nascido em um saco plástico amarrado, será levada a júri popular. A decisão foi da juíza Roberta Barrouin Carvalho de Souza, do 3º Tribunal do Júri da Capital.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, em dezembro do ano passado, Caroline deu a luz a um menino em sua residência, no bairro Senador Camará, na zona oeste do Rio. A jovem escondeu o filho em um saco plástico na área de serviço, sem cuidado e sem alimentação.

Ainda segundo o MP, Caroline pediu à irmã que desse um jeitinho na criança, que foi deixada às margens de um rio localizado no bairro . O recém-nascido foi encontrado, ainda com vida, por um cão pitbull de um morador da região. Caroline foi presa em flagrante ao dar entrada no Hospital Estadual Albert Schweitzer com sangramento e a placenta.

De acordo com a juíza, a jovem vai aguardar o julgamento em liberdade, uma vez que é ré primária, possui bons antecedentes, endereço certo e reside com sua família. A juíz afirmou que não há indícios de que solta, a ré se furtará a aplicação da lei penal, frustrará a instrução criminal ou oferecerá risco a ordem pública.

A defesa de Caroline já tomou ciência da sentença e cabe recurso da decisão.

Leia mais sobre: bebê abandonado


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.