SÃO PAULO - O filho de um empresário de Carapicuíba, na Grande São Paulo, dono de uma transportadora, conseguiu escapar do cativeiro onde era mantido preso desde sexta-feira, em Americana, no interior de São Paulo, quando foi seqüestrado.

Na noite de domingo, um dos seqüestradores adormeceu enquanto vigiava o cativeiro e, aproveitando-se do descuido, a vítima atingiu o bandido com três golpes de machado. O seqüestrador morreu no local.

O jovem pegou a arma do seqüestrador e rendeu o dono da casa que era usada como cativeiro e uma mulher, que estaria no local para comprar drogas. Quando saíam, uma outra mulher, que seria amante de um dos seqüestradores, também foi rendida.

A vítima e os três seguiram para uma delegacia, mas o veículo foi abordado por guardas municipais, que prenderam os suspeitos. Os seqüestradores pediram R$ 200 mil de resgate, mas a quantia não foi paga pela família do empresário. Os outros dois seqüestradores estão foragidos.

Leia mais sobre: seqüestro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.