Jovem é morto com disparo de arma do pai no ABC-SP

Colega de 16 anos deu tiro acidental em rapaz de 17 anos durante um churrasco em Ribeirão Pires

AE |

selo

O estudante Adriano Duarte de Oliveira Junior, de 17 anos, morreu na segunda-feira ao ser atingido por um tiro acidental, disparado por um colega, de 16 anos, durante um churrasco em sua casa, em Ribeirão Pires, no Grande ABC. 

Adriano, que era filho de um policial militar, pegou as armas do pai e as manuseava com amigos quando aconteceu o acidente, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Leia também : Garoto leva tiro da irmã em casa e morre no Ceará

Testemunhas disseram que durante o churrasco na casa do estudante, Adriano foi até o quarto e pegou as duas armas do pai. Com os amigos, Adriano começou a manusear as armas, quando um adolescente, de 16 anos, apertou o gatilho e disparou contra a cabeça de Adriano.

Ele foi levado para o Hospital Mário Covas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. As armas foram apreendidas para perícia. O adolescente que fez o disparo foi liberado e deve se apresentar ao promotor de infância e juventude de Ribeirão Pires.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG