Jovem é morto após briga em boate de Goiânia

GOIÂNIA - O representante comercial e estudante de farmácia Higor Borges Esteves, de 23 anos, foi morto na madrugada de domingo após se envolver em uma briga na saída de uma boate em Goiânia. Segundo a polícia, o suspeito do crime, Gedeilson Rodrigues, de 24 anos, disparou pelo menos 20 tiros.

Redação |

De acordo com a delegada Adriana Ribeiro de Barros, da Delegacia de Homicídios de Goiânia, a confusão começou por volta das 3h na boate Santa Fé Hall, na zona sul da cidade.

Um dos amigos da vítima, Marcondes José da Silva, teria olhado para a namorada de um dos suspeitos, que, na saída do local, começou a briga.

Segundo a delegada, Esteves tentava apartar a briga, quando um homem, identificado como Olcimar Soares Eduardo, de 23 anos, pediu para o amigo Gedeilson Rodrigues, de 24 anos, pegar uma arma no carro.

As imagens do ciruito interno da boate mostram Rodrigues deixando o local e voltando minutos depois com uma pistola 380 e efetuando diversos disparos. "Ele parecia tão drogado, tão alcoolizado que efetuou disparos na frente de todo mundo, com a saída da boate lotada", afirmou a delagada Adriana.

Esteves foi atingido por um tiro na nuca e morreu no local. Silva levou um tiro de raspão na barriga e passa bem. 

A polícia encontrou 20 projéteis próximos à boate, mas considera que o suspeito possa ter efetuado ainda mais disparos. As marcas ficaram espalhadas pelas paredes do local, em uma árvore e na fachada de uma clínica.

Os acusados de terem começado a briga, Fabiano Alves Néia, de 30 anos, e Olcimar Eduardo foram presos nas imediações da boate. Outro suspeito, Jefferson Silva, de 22 anos, foi preso horas depois em sua casa. Já Rodrigues segue foragido.

Conforme a a delegada, dos presos, apenas Silva não tinha passagem pela polícia. Rodrigues, o principal suspeito de ter efetuado os disparos, responde por roubo, homicídio e tráfico de drogas. Eduardo é hacker e já teve passagem pela Polícia Federal (PF) por falsificação de dinheiro.

O corpo de Esteves foi enterrado nesta segunda-feira, na cidade de Edéia, onde mora sua família.

Leia mais sobre: assassinato - violência

    Leia tudo sobre: assassinatocrime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG