Jovem é baleada em quadra de escola de samba no Rio

A adolescente Juliana Lins da Silva, de 14 anos, foi atingida na nuca por uma bala perdida dentro da quadra da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, em Ramos (zona norte do Rio), no noite de ontem. A polícia fez hoje uma perícia no local, mas ainda não conseguiu determinar de onde partiu o tiro.

Agência Estado |

A jovem foi levada para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã de hoje. A bala ficou alojada numa parte sensível do cérebro e não foi possível retirá-la.

Na hora em que foi atingida, havia muito barulho no local e ninguém ouviu o som do tiro. A quadra tem o teto aberto e, segundo a polícia, há grande possibilidade de a bala ter partido de fora do local. Mesmo assim, não está descartada a hipótese de ter partido de dentro da quadra. Juliana havia ido à quadra para participar do ensaio e se preparava para desfilar pela primeira vez, na ala mirim das baianas. Ela estava sentada numa cadeira ao lado da bateria, quando o tiro atingiu sua nuca.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG