Jovem agredida no litoral do PR pode deixar UTI

A estudante M.L. P., de 23 anos, baleada e violentada no último final de semana na Praia dos Amores, em Matinhos, no litoral paranaense, pode sair da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Vita, em Curitiba, ainda neste final de semana.

Agência Estado |

Mas, segundo os médicos, a estudante corre o risco de ficar paraplégica. "Ela ainda não está com sensibilidade na parte inferior, mas precisamos também dar um tempo maior e esperar o processo de recuperação", disse o médico Hipólito Carraro Júnior, chefe da UTI.

A polícia aguarda os psicólogos do hospital avaliarem a jovem para ouvi-la e elaborar o retrato falado do homem que a atacou. Nesta semana, a força-tarefa designada para descobrir o criminoso encontrou uma camiseta na área do crime. A peça de roupa foi levada para o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba,onde estão sendo analisadas as manchas de sangue encontradas na peça.


Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: violenciaviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG