Jovem acusado de matar ex-namorada de 16 anos é preso em São Paulo

SÃO PAULO ¿ O jovem de 22 anos acusado de matar a ex-namorada de 16 anos, com um tiro na cabeça, em Sorocaba, interior paulista, foi preso na tarde desta segunda-feira por policiais militares de São Paulo. Ele estava escondido em uma chácara no bairro de Vila Tupã, o mesmo onde ocorreu crime. Ele confessou o assassinato.

Redação |

Acordo Ortográfico

Daniel Pereira de Souza já tinha ficha na polícia por tráfico de drogas e havia sido solto em maio deste ano. Sua ex-namorada, Camila Silva Araújo, rompeu o relacionamento com Souza há quatro meses.

O jovem teria ido a casa da menina e conversado com o pai de Camila. Posteriormente ele voltou a residência dela, armado. Depois de ter espancado a adolescente, ele a matou com um tiro na cabeça. Eles tinham um filho de um ano de idade.

Os agentes da PM chegaram ao local onde o assassino estava através de uma denúncia anônima. Ele havia pedido para uma amiga de 17 anos esconder a arma usada no crime. No entanto, a polícia conseguiu o contato da adolescente e apreendeu a revólver calibre 38, além de certa quantidade de maconha e uma faca.

Na casa de Jéssica Souza de Almeida, foram encontrados maconha, crack e dinheiro. Como ainda é menor de idade, ela será sindicada por relação com o tráfico de drogas.

Daniel Pereira de Souza será indiciado por homicídio, além de tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

Leia mais sobre: assassinato

    Leia tudo sobre: assassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG