José Serra recebe hoje apoio formal do PSDB mineiro

O embate que vinha sendo travado nos bastidores entre as alas paulista e mineira do PSDB - por conta da disputa entre os governadores de São Paulo, José Serra, e de Minas Gerais, Aécio Neves, pela cabeça de chapa da legenda nas eleições presidenciais - deverá ter uma trégua, com a formalização do apoio da executiva de Minas Gerais à pré-candidatura de Serra. O comunicado será feito hoje ao governador paulista pelo presidente do PSDB mineiro, Narcio Rodrigues.

Agência Estado |

No encontro, previsto para as 18 horas no Palácio dos Bandeirantes, o dirigente do partido em Minas vai dizer que Serra terá "o apoio integral dos tucanos mineiros" em sua empreitada para conquistar a Presidência. "Vou dizer também que estarei falando em nome do governador Aécio Neves", emendou Narcio.

Além da visita a Serra, o presidente do diretório da sigla vai reunir-se com o chefe da Casa Civil do governo paulista, Aloysio Nunes Ferreira, cotado para disputar uma cadeira ao Senado neste pleito. O encontro terá a finalidade de discutir as estratégias que os mineiros poderão adotar para alavancar a candidatura de Serra.

O encontro entre o governador paulista e o dirigente mineiro ocorre no dia em que a pesquisa CNI/Ibope mostra Serra perdendo terreno na disputa presidencial para a ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata do PT, Dilma Rousseff. Na mostra de hoje, Serra caiu de 38% (pesquisa de novembro) para 35%, enquanto Dilma subiu de 17% para 30%.

Liderança de Aécio

Apesar da formalização do apoio a Serra, o presidente do PSDB de Minas Gerais faz questão de dizer que todas as estratégias que possam ajudar o governador paulista a crescer nas pesquisas e conquistar a Presidência nas eleições de outubro serão traçadas "sob a liderança de Aécio Neves". Mesmo com as tentativas de uma ala do partido para que Aécio integre a chapa de Serra na condição de vice, o governador mineiro já reiterou que quer mesmo disputar uma vaga ao Senado.

Narcio reuniu-se ontem com o presidente do PSDB paulista, deputado Mendes Thame, e entregou ao colega a nota oficial da executiva mineira que prega a defesa da candidatura de Serra à Presidência. No documento, o PSDB de Minas Gerais e os aliados do governador Aécio Neves destacam que estão "totalmente comprometidos" com o nome de Serra nessa disputa presidencial.

Os dirigentes mineiros informam ainda que refutam qualquer iniciativa para enfraquecer a legenda neste pleito e reconhecem "Aécio como líder maior, com autoridade para articular e fortalecer o projeto tucano para Minas Gerais (com a pré-candidatura do vice-governador Antônio Anastasia ao executivo) e para o Brasil".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG