José Aparecido não é encontrado pela PF para prestar depoimento

BRASÍLIA - O funcionário da Casa Civil José Aparecido Pires, responsável por vazar o dossiê com gastos do ex-presidente FHC, não foi encontrado pela Polícia Federal nesta terça-feira, 13, quando deveria prestar depoimento. Segundo a assessoria de imprensa da PF, ele não foi localizado nem em sua residência, nem no trabalho. O delegado responsável pelo caso, Sérgio Menezes, ouviu no lugar de Aparecido um dos servidores que fizeram parte do grupo de trabalho que supostamente elaborou o dossiê.

Severino Motta e Rodrigo Ledo, do Santafé Idéias |

Sem o depoimento de Aparecido, tanto a investigação da PF, quanto a CPMI dos Cartões Corporativos ficam prejudicadas, isso porque a comissão de inquérito esperava receber cópias do depoimento do funcionário para a Polícia Federal antes de ouvi-lo.

A presidente da CPI mista dos cartões corporativos, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), declarou no fim da tarde desta terça-feira que a Justiça Federal em Brasília remeterá nesta quarta-feira a autorização para que a Polícia Federal (PF) envie à CPI nesse mesmo dia os depoimentos de José Aparecido Pires, secretário de Controle Interno da Presidência da República, e André Fernandes, assessor do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) sobre o caso dossiê. Marisa Serrano quer usar esse material como preparação para o depoimento de ambos na CPI, na quinta-feira.

Segundo a presidente da CPI, a promessa de envio dos depoimentos colhidos na PF de Aparecido e André foi feita pelo juiz responsável pelo caso, José Airton Portela, da 12ª Vara Federal. Enviei o ofício hoje (terça), e ele foi muito solícito, disse Marisa Serrano, para depois acrescentar que antes dos depoimentos que os dois acusados farão à CPI, na quinta, fará uma reunião  para divulgar o conteúdo do material produzido por policiais federais.

A reunião é para informar deputados e senadores da CPI sobre o conteúdo do depoimento e informá-los sobre a legislação pertinente a isso. Se alguém infringir a lei [ao divulgar o conteúdo, sigiloso], que responda por isso, alertou.

Leia também:

  • Leia mais sobre: CPI dos Cartões

    • Leia tudo sobre: cartõescartões corporativos

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG