José Aparecido e André Fernandes depõem hoje na CPI dos Cartões

BRASÍLIA - A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos ouvirá nesta terça-feira os depoimentos do ex-secretário de Fiscalização e Controle da Casa Civil José Aparecido Pires e do assessor da segunda vice-presidência do Senado André Fernandes.

Redação com Agência Brasil |

Aparecido é acusado de ser o autor do vazamento do suposto dossiê de gastos sigilosos na gestão de Fernando Henrique Cardoso. Os dados teriam sido encaminhados por e-mail para André Fernandes, assessor de Álvaro Dias (PSDB-PR) no Senado.

Agência Brasil
Na semana passada, os dois foram ouvidos pela Polícia Federal. A cópia desses depoimentos já está com a presidente da CPMI, Marisa Serrano (PSDB-MS). Antes de ouvi-los, a CPMI fará uma reunião secreta para analisar o teor desses depoimentos.

José Aparecido e André Fernandes serão ouvidos separadamente, mas a senadora Marisa Serrano pode colocar em votação requerimento que pede acareação entre os dois, caso haja alguma contradição nas explicações.

A intenção dos senadores é evitar que José Aparecido tente blindar alguém da Casa Civil, como a ministra Dilma Rousseff ou a secretária executiva Erenice Guerra, acusada de ter ordenado a produção do suposto dossiê.

Nesta segunda-feira, o ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu liminar de salvo-conduto para José Aparecido para não correr o risco de ser preso durante seu depoimento à CPI.

Leia ainda:

Leia mais sobre: CPI dos Cartões  - dossiê

    Leia tudo sobre: dossiê

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG