José Aníbal: ¿Lula é o maior vira-casaca da história¿

BRASÍLIA - Há pouco mais de um mês no comando do PSDB na Câmara, o deputado José Aníbal (SP) experimenta pela primeira vez o gosto de liderar uma bancada na oposição. Fiel ao estilo ¿bateu, levou¿ que caracterizou sua passagem pela liderança do partido no primeiro governo Fernando Henrique Cardoso, Aníbal não economiza adjetivos ao criticar o presidente Lula e ao exaltar o legado da gestão tucana.

Congresso em Foco |

Nesta entrevista exclusiva ao Congresso em Foco, o deputado paulista diz que o alvo da oposição não é mais o PT, mas o próprio presidente. E afirma que os indícios de irregularidade envolvendo os cartões corporativos precisam ser explorados pelos oposicionistas para mostrar ao país a verdadeira face de Lula, a quem chama de licencioso e grande dissimulado.

Ele é o maior vira-casaca da história do Brasil. Vende a imagem de que não virou a casaca e de que continua um peãozão, de que gosta de buchada de bode e pinga. Não, ele mudou completamente. Ele defende banqueiro abertamente, critica. Ele não tem nenhum compromisso com a verdade. Inclusive, se associa à impunidade, à transgressão e à licenciosidade, acrescenta.

Um dos fundadores do PT em São Paulo, no início dos anos 80, Aníbal acusa Lula de colher exclusivamente tudo aquilo que os tucanos plantaram, de fazer um governo conservador e elitista e desqualifica os índices de aprovação popular obtidos pelo petista nas últimas pesquisas de opinião.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: congressocongresso em foco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG