Jornalista mostra sapato a deputado e apanha em Brasília

O repórter iraquiano que arremessou os sapatos contra o presidente norte-americano George W. Bush, no último dia 14, tem inspirado protestos no Brasil. A começar por Brasília. Durante discurso do presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Alírio Neto (PPS), um servidor da Coordenação de Comunicação Social da Casa ergueu um sapato em frente ao palanque. A reação do parlamentar diante da ironia foi quase imediata: após terminar o discurso, Alírio agrediu com um tapa no rosto o servidor público. A baixaria aconteceu na noite última quinta-feira (18), durante festa de confraternização de fim de ano, no estacionamento da Câmara.

Congresso em Foco |

Alírio Neto enaltecia os pontos positivos de sua gestão quando o jornalista Zildenor Dourado retirou e ergueu um de seus sapatos, em frente ao palanque onde o presidente fazia o pronunciamento. O gesto, segundo o servidor, foi uma crítica. Alírio não gostou da ironia e o repreendeu, ainda em cima do palanque. Ao terminar o discurso, o presidente da Câmara Legislativa deixou o microfone e foi em direção à mesa onde estava sentado Zildenor, ao lado de outros jornalistas lotados na Casa.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: deputados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG