Um jornalista do New York Times, sequestrado em novembro do ano passado em Cabul pelos talibãs e mantido como refém nas montanhas do Afeganistão e Paquistão, conseguiu escapar e está em liberdade, informa o site do jornal.

O jornalista americano David Rohde conseguiu escapar ao lado de Tahir Ludin, um colega local com quem foi sequestrado, de onde estavam sequestrados no Waziristão, uma região montanhosa do noroeste do Paquistão que faz fronteira com o Afeganistão, afirmou ao New York Times sua esposa, Kristen Mulvihill.

mlm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.