A fotógrafa britânica Nicola Seyd, de 73 anos, recuperou fotos inéditas e em cores do líder revolucionário argentino Ernesto Che Guevara, tiradas durante um ato em Havana, há 49 anos, e publicadas nesta quarta pelo jornal espanhol El País.

Seyd, que há 49 anos fotografou Guevara num centro educativo cubano, encontrou negativos esquecidos numa caixa que ela achou, por acaso, recentemente.

As fotos, tiradas quando Seyd tinha 24 anos, são uma raridade, já que estão entre os escassos retratos em cores do guerrilheiro ainda vivo.

Ao contrário do clássico enfoque romântico dado ao guerrilheiro, Seyd acredita que suas imagens mostra "a impressionante faceta humana" de Che.

Cinco meses depois que Korda (Alberto Díaz Gutiérrez) registrou a famosa imagem do Guerrilheiro Heroico, Seyd aterrissou em Havana para trabalhar como voluntária da ONG londrina Solidarity Campaign. "Não era fotógrafa profissional", contou Seyd ao jornal.

Rob Miller, diretor da ONG, ressalta o valor da descoberta. "Nunca antes havia visto um Guevara em cores. Sabemos que existem imagens posteriores a 1960, mas não sabemos quem são seus autores ou se ainda possuem os negativos".

apa/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.