fascinante e imprevisível Chapeleiro Louco - Brasil - iG" /

Johnny Depp interpreta um fascinante e imprevisível Chapeleiro Louco

Madri, 17 fev (EFE).- Johnny Depp considera um privilégio poder dar vida à visão de Tim Burton no clássico de Lewis Carroll Alice no país das maravilhas, interpretando o Chapeleiro Louco, em sua sétima atuação com o cineasta.

EFE |

O filme, uma das apostas do ano da Disney, chegará em cinco de março às telas americanas. Depp encarna o conhecido personagem literário do Chapeleiro Louco, alguém "fascinante, imprevisível e com as emoções a flor de pele", assegura o ator em declarações divulgadas pela produtora.

O Chapeleiro Louco compartilhará aventura com Alice nessa traumática viagem rumo à maturidade da protagonista, interpretada por Mia Wasikowska.

Ambos "se complementam, como se fossem irmãos - aponta Depp -, com uma relação de proteção mútua", neste périplo ao País das Maravilhas. Eles se encontrarão com os renovados personagens Rainha de Copas - Helena Bonham Carter -, o Gato de Cheshire - Stephen Fry - e a rainha branca - Anne Hathaway.

Conhecido por se preparar rigorosamente para todos seus papeis, Johnny Depp começou a desenhar aquarelas com o aspecto que deveria ter o Chapeleiro Louco. Depois descobriu que sua visão era muito parecida à do diretor Tim Burton, com quem trabalhou em "Edward mãos de tesoura", "A lenda do cavaleiro sem cabeça" ou "Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet", entre outras.

As avançadas técnicas digitais empregadas neste novo filme permitiram que os olhos do Chapeleiro Louco ficassem ligeiramente maiores e são entre 10% e 15% maiores que os de Johnny Depp. EFE hlm/sa

    Leia tudo sobre: cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG