PARIS, 2 ABR (ANSA) - O bigode voltou a ser viril, na moda e, principalmente, sexy. O responsável pelo retorno triunfal do bigode em 2007 é o ator Johnny Depp. Segundo o especialista francês em tendências, Vincent Gregoire, em entrevista à revista Le Nouvel Observateur, o bigode de Depp é o must do momento.

A versão 2008 do bigode para o especialista não é uma releitura do tipo "papai" ou "vovô", "muito vulgarizado". Não é o Tom Selleck, da série televisiva "Magnum", nem os dos integrantes do Village People. Os bigodes de hoje são bem cuidados, finos, elegantes, 'vintage', como os de Errol Flynn (charmoso astro do cinema dos anos 30 e 40) ou Johnny Depp em "Piratas do Caribe" - "bigodes sutis e bem desenhados".

"Os pêlos são colocados em evidência, retocados, desenhados", continuou Gregoire, para quem os bigodes são "o calcanhar-de-aquiles dos homens", a parte do glamour que falta aos machos de hoje.

Os astros de Hollywood parecem ter entendido o recado: Sean Penn, George Clooney e Brad Pitt deixaram crescer o bigode. (ANSA)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.