John Malkovich fará ópera sobre serial killer austríaco

VIENA, 4 ABR (ANSA) - O vida do poeta Jack Unterweger, o serial killer austríaco que em 1994 se enforcou em sua cela horas antes de sua previsível condenação pelo assassinato de 11 prostitutas, irá se tornar uma ópera protagonizada pela estrela de Hollywood John Malkovich.

Agência Ansa |

Conforme publicou a revista "News", o projeto musical foi idealizado por Malkovich junto do diretor de orquestra austríaco Martin Haselboeck.

A produção, intitulada "The Infernal Comedy" (A Comédia Infernal, ndr) será representada pela primeira vez no próximo dia 3 de maio no Barum Theatre, em Santa Mônica, estado da Califórnia.

"O caso me interessa, pois é feita tanta propaganda sobre como se consegue salvar ou 'reabilitar' as pessoas, quando na verdade não é possível reabilitar ninguém", disse Malkovich, que comentou não ser contra a pena de morte em casos como o de Unterweger.

A ópera irá contar a juventude de Unterweger, filho de uma prostituta e de um soldado norte-americano das tropas de ocupação após a Segunda Guerra Mundial; sua primeira condenação por homicídio em 1976; a liberdade readquirida em 1990 por bom comportamento e sob forte pressão de intelectuais austríacos sobre o então presidente do país, Kurt Waldheim; e sua segunda prisão, dois anos mais tarde, acusado de assassinar 11 prostitutas em diversas cidades austríacas, todas estranguladas com a própria roupa íntima.

As vítimas de Unterweger serão interpretadas por duas cantoras líricas que irão recitar árias de Haydn, Haendel, Mozart e Weber, nas quais são citadas violências contra mulheres. Malkovich comentou que se o projeto tiver sucesso na Califórnia, tem a intenção de levá-lo depois para a Europa. (ANSA)

    Leia tudo sobre: john malkovich

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG