Jobim ironiza proposta de Jucá para Ministério da Defesa

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, ironizou hoje as declarações do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), que pretende apresentar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) para que somente militares da reserva ou da ativa ocupem o cargo de ministro da Defesa. O senador tem o direito de apresentar a PEC que quiser e bem entender.

Agência Estado |

A questão não é apresentar a PEC. A questão é aprová-la", afirmou Jobim.

Questionado se previa a reação do seu partido, o PMDB, quando autorizou demissões políticas na Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), Jobim respondeu: "Para mim é absolutamente irrelevante esse ponto. Vou fazer o que tem o que fazer e pronto", declarou o ministro. "Não vamos confundir o partido com integrantes do partido."

O ministro da Defesa afirmou que nos próximos dias, quando a empresa der prosseguimento ao processo de demissão, que está sendo feito paulatinamente, ele vai comunicar antecipadamente o fato aos interessados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG