O Ministério da Defesa informou na tarde de hoje que o ministro Nelson Jobim decidiu antecipar seu retorno ao Brasil diante do desaparecimento de um avião da Air France sobre o Oceano Atlântico, quando se dirigia do Rio de Janeiro para Paris. O ministro Jobim está em Walvis Bay, na Namíbia, onde hoje estavam previstos encontros com autoridades do país.

O ministério trata o episódio como desaparecimento do avião.

Amanhã, o ministro participaria de uma cerimônia de comemoração do 19º aniversário da Força de Defesa da Namíbia e do comissionamento do Navio-Patrulha Brendan Simbwaye à Marinha da Namíbia. Com a decisão de suspender sua agenda oficial e retornar ao Brasil, Jobim será representado nas comemorações pelo comandante da Marinha do Brasil, Almirante-de-Esquadra Júlio Soares de Moura Neto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.