O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa confirmou no começo desta tarde que, por motivos de saúde, vai renunciar à vaga no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Barbosa tem problemas na coluna vertebral.

Reprodução
O ministro Joaquim Barbosa

Com a decisão, não será ele quem presidirá o TSE nas eleições do próximo ano. O tribunal, portanto, será presidido em 2010 pelo ministro Ricardo Lewandowski, que terá como vice a ministra Carmem Lúcia.

Outro ministro do STF que integrará o TSE no próximo ano é Marco Aurélio Mello, que já presidiu o tribunal. O mais novo ministro recém-empossado no Supremo, José Antonio Dias Toffoli, ex-advogado eleitoral do PT, será ministro substituto.

Leia mais sobre: TSE - Joaquim Barbosa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.