João Ubaldo Ribeiro recebe Prêmio Camões no Rio

O escritor João Ubaldo Ribeiro recebeu hoje no auditório da Biblioteca Nacional, no Rio, o Prêmio Camões, o mais importante concedido a autores da língua portuguesa. Seu discurso durou três minutos e foi bem-humorado.

Agência Estado |

"Sinto agora a perplexidade por ser sido nascido e criado na Bahia, ter sangue baiano e não ser orador. Eu acho que eu sou um caso a ser estudado. Não consigo arroubar-me a ponto de chegar bem perto da tradição da oratória conterrânea." Ubaldo, 67 anos, recebeu o prêmio das mãos do cônsul-geral de Portugal no Rio, Antonio Almeida Lima.

"Não posso conceber consagração maior do que ser reconhecido pelos povos que usam nossa língua, pelos povos que de certa forma partilham a nossa alma. É bom saber que enquanto escritor da língua portuguesa pude cumprir a minha obrigação com seriedade e amor porque é desta língua que vivo. E nada mais me enaltece do que imaginar que esta língua me agradece", disse, emocionado. José Almino, presidente da Casa Rui Barbosa, leu um discurso do ministro da Cultura, Juca Ferreira. "Ubaldo ganhou por unanimidade principalmente por seu livro 'Viva o Povo Brasileiro'. Vivas a João Ubaldo Ribeiro pelo o que ele nos disse e nos representou", escreveu o ministro.

O escritor baiano é o oitavo brasileiro a ganhar o prêmio, depois de João Cabral de Melo Neto, Rachel de Queiroz, Jorge Amado, Antonio Candido, Autran Dourado, Rubem Fonseca e Lygia Fagundes Telles. "Somos todos herdeiros de Camões e de Machado de Assis. Somos também herdeiros de João Ubaldo, de sua vivência, de seu universo", disse Almeida Lima.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG