Um homem volta à sua cidade depois de uma ausência de mais de 20 anos. Ao entrar em um bar, ele reconhece a pessoa com quem viveu, na adolescência, uma intensa relação - na verdade, seu primeiro grande amor.

Eis o ponto de partida do monólogo , escrito pela jovem dramaturga italiana Letizia Russo em cartaz no Sesc Avenida Paulista, em São Paulo, com a interpretação de João Miguel e a direção de Alvise Camozzi.

Não se trata de um ajuste de contas, mas da celebração da juventude. O reencontro apaixonado permite ao homem surpreender-se com o próprio passado e, capturado pelas lembranças, busca entender a própria realidade. "O texto de Letizia é cativante por conta de sua arquitetura poética", comenta Camozzi que, fascinado pela peça, sugeriu a montagem para João Miguel quando se conheceram durante um trabalho que fizeram juntos para a televisão - da conversa inicial, passaram para assuntos comuns (como a paixão pela obra de Pasolini) até chegarem a , que o ator identifica como um pensamento falado.

O texto mostra como um homem vê o outro como um espelho. Assim, nossa proposta é a de criar uma relação com o público de forma que cada espectador tenha a impressão de que aquele fluxo de pensamento esteja acontecendo naquele momento, sem parecer encenado, comenta Miguel, ainda atordoado com o processo muito rápido - foi apenas um mês e meio de ensaios intensos.

Longe dos palcos há oito anos, desde o sucesso que o tornou nacionalmente conhecido (o monólogo Bispo , sobre o artista Bispo do Rosário), o ator conta que novamente abriu a porta para o desafio. Mas, enquanto Bispo foi fruto de uma pesquisa de quatro anos, Só nasceu a partir da escolha do melhor uso das palavras. A estreia na sexta-feira teve diversos significados para o ator. Afinal, foi o mesmo dia em que completou 39 anos. Também foi a data quase exata em que, há oito anos, estreou Bispo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

. 90 min. 16 anos. Sesc Avenida Paulista (65 lug.). Av. Paulista, 119. Tel. (011) 3179-3700, metrô Brigadeiro. 6.ª a dom., 20h30. R$ 5 a R$ 20. Até 17/5.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.