João da Costa diz confiar que será inocentado na Justiça

O prefeito eleito do Recife, João da Costa (PT), afirmou confiar que a Justiça o inocentará no processo que impugnou sua candidatura em primeira instância, por uso da máquina, no dia 23 de setembro. Os advogados do PT entraram com recurso no pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), contra a decisão do juiz das Investigações Judiciais, Nilson Nery.

Agência Estado |

Costa afirmou que não vai pedir a substituição da relatora do recurso, a desembargadora Margarida Cantarelli, ligada ao senador Marco Maciel (DEM) e que foi candidata a senadora pelo então PFL em 1986. "Não vou pedir nada, a Justiça vai se fazer", afirmou, na expectativa de ser inocentado ainda antes de assumir a prefeitura. Segundo ele, a justiça do povo já foi feita, elegendo-o de forma "expressiva", no primeiro turno.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG