MADRI ¿ A atriz norte-americana Jennifer Aniston renova o título de rainha da comédia romântica do século 21 no filme Caçador de Recompensas (The Bounty Hunter), no qual exala química sexual com seu ex-marido na ficção, Gerard Butler.

A respeito do tema da produção, ela comenta: "Às vezes, o que faz você se apaixonar por alguém é a mesma coisa que faz você se separar".

Jennifer, cujo fim do casamento com Brad Pitt virou notícia no mundo todo, ri do divórcio em "The Bounty Hunter", longa dirigido por Andy Tennant ("Hitch - Conselheiro Amoroso"), no qual é obrigada a conviver forçadamente com o ex-marido.

Numa situação como essa, como não poderia deixar de ser, situações de amor e ódio se alternam e dão o tom da produção. "Gosto de comédias, mas não só das comédias românticas. Eu acho que 'Caçador...' é mais uma comédia de ação. O amor é só uma desculpa para tornar o filme mais apaixonante", declarou a atriz.

Nesse lançamento, a Rachel da série "Friends" viaja pelos Estados Unidos com o personagem de Gerald Butler e, sobretudo, discute o tempo todo com o ex-marido.

Em "Caçador...", o Leônidas de "Esparta" interpreta Milo, um caçador de recompensas que tem que capturar a ex-mulher, a jornalista Nicole, que fugiu de um julgamento para ir atrás de uma exclusiva.

"Adorei a ideia de retomar ideias da Hollywood clássica", afirmou o ator sobre o filme. De fato, Jennifer e Butler interpretam personagens que lembram os de Claudette Colbert e Clark Gable em "Aconteceu Naquela Noite", ou de Katharine Hepburn e Cary Grant em "Levada da Breca".

"Não busquei uma referência específica. Estava tudo muito bem escrito no roteiro", explica. Mas, segundo a atriz, o filme ¿ no qual ela alcança o sucesso após o divórcio e ele deixa a Polícia por problemas com o álcool ¿ não fala de gêneros.

"Cada pessoa leva o divórcio de uma maneira diferente, não é uma questão de sexos", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.