Jeanne Moreau e Agnès Varda têm presença confirmada no Festival do Rio

RIO DE JANEIRO ¿ Depois do diretor norte-americano Quentin Tarantino, a organização do Festival do Rio divulgou nesta terça-feira (15) novos convidados com presença confirmada no evento, que acontece de 24 de setembro a 8 de outubro. A veterana atriz francesa Jeanne Moreau será a convidada de honra para o Ano da França no Brasil. A cineasta belga Agnès Varda e o argentino Juan José Campanella (¿O Filho da Noiva¿) também vão passar pela capital carioca.

Redação |

Getty Images

A atriz Jeanne Moreau

Aos 81 anos, Moreau é uma das mais celebradas atrizes francesas. Conhecida internacionalmente por seu trabalho no clássico Jules e Jim ¿ Uma Mulher para Dois (1962), de François Truffaut, já filmou com grandes nomes do cinema mundial, como Luis Buñuel, Orson Welles, Michelangelo Antonioni, Wim Wenders e Elia Kazan. Moreau será tema de uma de quatro mostras paralelas dedicadas à França ¿ as demais vão trazer os filmes pouco vistos de Isabelle Huppert, uma homenagem aos 50 anos do do herói gaulês Asterix e o canal de tevê francês ARTE.

No total, serão projetados mais de 300 longas-metragens em 20 seções ao longo das duas semanas do festival. Aconteceu em Woodstock, de Ang Lee, será o filme de abertura, enquanto Bastardos Inglórios, de Tarantino, fechará o evento.O Festival do Rio também vai trazer em primeira mão The White Ribbon, de Michael Haneke, ganhador da Palma de Ouro em Cannes; Abraços Partidos, de Pedro Almodóvar; Singularidades de Uma  Rapariga Loura, do veterano português Manoel de Oliveira; O Desinformante!, de Steven Soderbergh, e Mais tarde, você vai entender..., de Amos Gitai.

Divulgação

Penépole Cruz em "Abraços Partidos", filme de Pedro Almodóvar que chega ao Brasil

Exibidos em Cannes no ano passado, dois documentários que provocaram sensação no festival chegam, enfim, ao Brasil: Maradona, filme focado no craque argentino com direção de Emir Kusturica, e Tyson, sobre o ex-campeão na categoria peso pesado. Também devem provocar uma corrida por ingressos It Might Get Loud, documentário sobre a guitarra encabeçado por Jimmy Page, Jack White e The Edge; o pop (500) Dias Com Ela e o vampiresco Sede de Sangue, do sul-coreano Park Chan-wook.

Na Première Brasil, única mostra competitiva do evento, a novidade é a saída do esperado Do Começo ao Fim, de Aluizio Abranches, que não foi concluído a tempo. Em seu lugar, entra na disputa pelo Troféu Redentor de ficção Do Começo ao Fim, de Eliane Caffé, com Ary Fontoura, Luiz Carlos Vasconcelos e Chico Diaz. Entre os documentários, foi incluído Luto Como Mãe, de Luis Carlos Nascimento.

A lista completa dos filmes selecionados estará disponível a partir de quinta-feira (17) no site oficial do Festival do Rio. Atualmente, estão sendo vendidos apenas os passaportes com 20 e 50 ingressos, no valor de R$ 143,50 e R$ 303,50, respectivamente. A compra de ingressos individuais começa no sábado, pela Internet, e no início da próxima semana nas bilheterias.

Leia mais sobre: Festival do Rio

    Leia tudo sobre: festival do rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG