JBS diz que BNDESPar aprovou US$2 bilhões em debêntures

SÃO PAULO (Reuters) - O BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), aprovou investimento de 2 bilhões de dólares no grupo JBS através da subscrição de debêntures conversíveis em ações do maior processador mundial de carne bovina. Segundo comunicado do JBS nesta quarta-feira, as debêntures serão obrigatoriamente conversíveis em recibos de ações no Brasil do JBS USA, unidade do grupo que será listada nos Estados Unidos.

Reuters |

Os recursos captados com o BNDESPar serão destinados a aumento de capital do JBS USA, segundo o comunicado, com o objetivo de concluir a operação "pela qual o JBS USA, através de subscrição de novas ações tonar-se-á titular de ações representativas de 64 por cento do capital social total e votante da Pilgrim's Pride".

Além disso, os recursos vão "reforçar a estrutura de capital consolidada da companhia, para implementação de planos de investimento e projetos de expansão, além de viabilizar a conclusão do projeto de integração das operações da companhia com a Bertin".

Em setembro, o grupo tornou-se a maior empresa global de carnes e entrou no negócio de frangos através da aquisição de uma participação majoritária na norte-americana Pilgrim's Pride e da incorporação da Bertin, segunda maior do setor de bovinos no Brasil.

O JBS explicou ainda que o valor nominal unitário das debêntures deverá ser pago integralmente pela companhia por meio de permuta após a realização do evento de liquidez, ou da conversão em ações no caso da não realização dessa ação.

Segundo o comunicado, o evento de liquidez significa a conclusão de uma oferta pública de ações do JBS USA de no mínimo 1,5 bilhão de dólares, com colocação primária de ao menos 50 por cento, seja através de oferta inicial ou de "follow-on".

No último dia 14, o JBS informou que pretendia emitir 2 bilhões de dólares em debêntures e que estava em fase adiantada de negociação com um investidor que pretendia garantir a subscrição da totalidade dos títulos.

Na ocasião, o JBS disse que o investidor poderia vir a ter uma participação de 20 a 25 por cento no capital do JBS USA.

Às 11h54, as ações do JBS subiam 0,63 por cento na Bovespa, a 9,51 reais. No mesmo horário, o Ibovespa apontava alta de 0,08 por cento.

(Por Camila Moreira)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG