Jazzista Stanley Jordan toca no Bourbon Street, em SP

O jazzista americano Stanley Jordan traz hoje a turnê de seu novo disco, State of Nature, ao Bourbon Street, em São Paulo. Mas, nas horas vagas, só tem ouvidos para a música brasileira - para Caetano Veloso, mais especificamente.

Agência Estado |

"Ele é um músico muito importante", diz. A meta do guitarrista é aprender a tocar composições do cantor baiano e, por isso, ele chegou até a comprar livros sobre Caetano. "Peguei algumas coisas, mas logo vi que ia ser muito mais difícil do que imaginava. Ele é muito complexo", fala, rindo. Gilberto Gil também está em sua lista. "Quando eu os ouço, vejo quanta qualidade eles têm. São tão populares, tão interessantes. Eles provam que para fazer música popular não é preciso fazer música ruim e chata."

Stanley está em sua 14ª visita ao Brasil - a primeira foi no início de sua carreira, em 1985, em um festival de jazz. Na ocasião, ficou tão encantado com o país que fez um show gratuito no Rio de Janeiro. Por isso diz que se sente em casa aqui. "Chego a passar de um a dois meses por ano no Brasil, me identifico com o povo e aprendo com a música." Ele ainda fala que música brasileira é lição básica para qualquer jazzista: "Toco algumas coisas de Bossa Nova, para mim é fundamental. Faz parte do repertório do jazz, todos deveriam fazer o mesmo." As informações são do Jornal da Tarde.

Stanley Jordan Trio - Show da turnê ‘State of Nature’. Hoje, a partir das 20h, no Bourbon Street Music Club. Rua dos Chanés, 127, Moema. Tel: (011) 5095-6100. Censura: 18 anos. Preço: R$ 50.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG