O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) afirmou hoje, em discurso na tribuna do Senado, que o Orçamento Geral da União é outra demonstração da degradação do exercício da política no Congresso. O Parlamento não pode continuar sendo um mero atravessador de verbas públicas, com emendas liberadas às vésperas das votações que interessam ao governo, disse.

Segundo ele, as distorções acontecem na elaboração e ao longo da discussão e votação do orçamento. "E quando o dinheiro deveria ir para as obras prioritárias nos municípios, escorre pelos esgotos da corrupção e dos desvios, muitas vezes, com a participação dos ordenadores de despesas do Poder Executivo, indicados pelos partidos", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.