Jaques Wagner e João Henrique evitam encontro em Brasília

SALVADOR - O governador Jaques Wagner (PT) chegou a Brasília nesta quarta-feira e o prefeito João Henrique (PMDB) está lá desde terça. O curioso é que os dois cumprem quase as mesmas agendas, mas seguem roteiros separados um do outro. Enquanto o prefeito está sendo ciceroneado pelo ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), o governador é recebido pelos deputados federais das bancadas baianas dos partidos aliados ao seu governo.

Agência Nordeste |

Informações de bastidores dão conta de que Wagner tem evitado contato com Geddel em função das desavenças políticas locais envolvendo o PMDB e o PT, como informa o jornal "Tribuna da Bahia".

Wagner chegou a Brasília antes do meio-dia de quarta-feira para contatos com parlamentares e ministros com a finalidade de discutir as propostas do governo da Bahia para o Orçamento da União de 2009. Uma das preocupações do governador são os prováveis cortes que podem acontecer por conta da crise econômica.

O primeiro encontro do governador em Brasília foi com o deputado Walter Pinheiro (PT), que perdeu a disputa pela Prefeitura de Salvador para João Henrique. Embora pareça estranho, antes de se encontrar com o governador Jaques Wagner o deputado Colbert Martins (PMDB), coordenador da bancada baiana na Comissão do Orçamento, conversou primeiro com o ministro Geddel Vieira Lima sobre ações para agilizar a liberação de recursos para a Bahia oriundos das emendas parlamentares.

Nos encontros de Brasília, o governador conversou também com os deputados Nelson Pelegrino e Zezéu Ribeiro (PT), Daniel Almeida e Alice Portugal (PCdoB), e Lídice da Mata (PSB). No inicio da noite, Wagner esteve com os deputados da bancada baiana, na Câmara, para solicitar apoio às prioridades sobre o orçamento de 2009.

Segundo informou um assessor do governador Wagner, do total das propostas oriundas de emendas coletivas dos parlamentares baianos, o governo está propondo 11 emendas que, se aprovadas, representam R$ 366 milhões com recursos que seriam destinados a investimentos nas áreas de infra-estrutura, transporte, abastecimento de água, turismo, ciência e tecnologia, saúde e saneamento básico. As emendas entram na previsão orçamentária de 2009, mas não tem garantia da liberação dos recursos.

Hoje à tarde,  o governador terá audiências com os ministros Paulo Bernardo (Planejamento) e José Múcio (Relações Institucionais). À noite, Wagner viaja com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para Foz do Iguaçu (PR), onde participará do Foro Consultivo de Prefeitos e Governadores do Mercosul, no Parque Tecnológico de Itaipu.

Também presente em Brasília, o prefeito João Henrique cumpriu um roteiro sempre diferente do governador Jaques Wagner, mesmo que tenham participado do mesmo evento com a bancada baiana na Câmara dos Deputados, onde tiveram um encontro apenas casual. João Henrique aproveitou o encontro com a bancada baiana na Câmara para analisar o Orçamento de 2009 e as prioridades para Salvador.

Sempre acompanhado pelo ministro Geddel Vieira Lima, o prefeito esteve ontem à tarde com o presidente Lula, no Palácio do Planalto, para discutir a liberação de recursos para viabilizar projetos de obras e programas em Salvador. Ele participou também de uma reunião da bancada do PMDB na Câmara com o presidente do partido, deputado Michel Temer. Na terça-feira, 4, João Henrique teve uma série de encontros políticos e administrativos. Além do encontro com o ministro Geddel Vieira Lima, ele esteve no Tribunal de Contas da União com o ministro Aroldo Cedraz, onde tratou de assuntos relacionados ao metrô de Salvador. Hoje, o prefeito retorna de Brasília.

Longe das intrigas, o ministro Geddel disse que pensa apenas em ajudar o prefeito conseguir recursos para a prefeitura. Ontem pela manhã, numa entrevista à rádio Nova Salvador FM, Geddel declarou que está exercendo o papel de relações públicas da Bahia para conseguir mais recursos para Salvador, e que as divergências com o PT e o governador são coisas do passado.

Leia mais sobre: Salvador

    Leia tudo sobre: salvador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG