O Japão começou a oferecer hoje dinheiro aos brasileiros e peruanos com ascendência nipônica sem trabalho para que voltem a seus países de origem. A intenção de Tóquio é reduzir o que as autoridades qualificam como um grave problema de desemprego.

Milhares de estrangeiros, com trabalhos temporários ou por recomendação, perderam o emprego recentemente, particularmente em empresas de manufatura como a Toyota, que tentam superar a crise financeira.

O número de estrangeiros em busca de ajuda do governo para encontrar trabalho se multiplicou, em comparação com o ano passado, 11 vezes nos últimos meses e subiu para 9 mil pessoas, segundo o Ministério da Saúde, Trabalho e bem-estar. "O programa é para responder a um problema social cada vez maior", afirmou o funcionário Hiroshi Yamashita, do ministério. O novo programa se aplica somente aos brasileiros e peruanos com ascendência japonesa que têm vistos especiais para trabalhar no setor de manufatura. Não envolve outros estrangeiros radicados no Japão, explicou Yamashita.

O governo entregará a esse grupo US$ 3 mil a cada um, além de US$ 2 mil para cada membro da família, segundo a pasta. Mas eles devem renunciar ao direito que a ascendência japonesa dá a eles de viver e trabalhar no Japão. Somente poderão regressar como turistas ou com outro visto de trabalho. Não foi determinado o custo desse programa, segundo o ministério.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.