Jantar exclusivo de Cacciola no presídio de Bangu 8 é investigado

RIO DE JANEIRO ¿ A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP) abriu uma sindicância para apurar as denúncias de que o ex-banqueiro Salvatore Cacciola estaria tendo alguns benefícios no presídio Bangu 8, na zona Oeste do Rio. Entre as vantagens estaria um jantar com lagosta e salmão, encomendado em um restaurante da Barra da Tijuca fora dos dias de visita.

Redação |

Reprodução
Cacciola teria comido lagosta fora dos dias de visita
De acordo com a assessoria da secretaria, a Corregedoria da SEAP e a Superintendência de Inteligência do Sistema Prisional (SISPEN) irão checar a veracidade dos fatos. Os órgãos vão investigar também se houve algum tipo de propina paga a um inspetor. Até o momento, nenhum servidor foi afastado.

A lei de execuções penais prevê que parentes dos detentos podem levar refeições extras nos dias de visita, às segundas e sextas-feiras. A última visita que o ex-banqueiro recebeu foi a dos filhos, ontem.

O ex-banqueiro Salvatore Cacciola divide a cela em Bangu 8 com outros 32 detentos. Ele foi preso no último dia 17, pela Polícia Federal. A penitenciária tem capacidade para 170 presos e, atualmente, comporta 104 detentos. Também estão na penitenciária o ex-deputado Álvaro Lins, o ex-chefe da Polícia Civil do Rio Ricardo Hallack, o deputado estadual Natalino Guimarães e seu irmão, o vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho.

Dinheiro em cela

Agentes penitenciários encontraram, na semana passada, durante uma vistoria, R$ 10 mil. Segundo a assessoria da SEAP, o dinheiro não foi localizado com um único detento e sim em celas diferentes. Até o momento, nenhum preso assumiu a responsabilidade pelo dinheiro.

A resolução do presídio permite que apenas a quantia de R$ 100 fique na posse de cada preso por semana. A SEAP também abriu uma sindicância para investigar como o dinheiro foi parar dentro da unidade.

Veja também:

Leia mais sobre: Salvatore Cacciola


    Leia tudo sobre: bangu 8salvatore cacciola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG