ITunes se torna maior loja de música dos EUA

Washington, 3 abr (EFE) - O iTunes, o portal de venda de música fundado pela Apple há cinco anos, se tornou a maior loja musical dos Estados Unidos, à frente do Wal-Mart, segundo fontes da empresa, que cita dados de vendas da indústria.

EFE |

Com cerca de 50 milhões de usuários, o iTunes vendeu até o momento quatro bilhões de canções, e administra o maior catálogo musical do mundo, com cerca de seis milhões de canções.

"Lançamos o iTunes há menos de cinco anos, e se transformou no distribuidor de música número um do mundo", disse hoje Eddy Cue, vice-presidente da Apple para o iTunes.

Para chegar à conclusão de que superou as vendas de música da rede de supermercados Wal-Mart, a maior dos Estados Unidos, a Apple usou dados da empresa de consultoria NPD Group de janeiro e fevereiro.

Segundo os analistas, o iTunes foi precisamente a chave do sucesso do reprodutor iPod, do qual foram vendidas mais de 110 milhões de unidades no mundo todo.

Contrariando a lógica econômica que funciona em outros setores, a Apple não ganha dinheiro com a música vendida no iTunes - US$ 0,8 dos US$ 0,99 que custa cada canção vai para o pagamento de direitos autorais -, mas sim com a distribuição do iPod.

O comunicado da Apple foi divulgado no mesmo dia em que a rede de relacionamentos sociais MySpace anunciou o lançamento, junto a três das quatro principais gravadoras, de uma plataforma musical que pretende competir com o iTunes. EFE pgp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG