Itamar entra no PPS e já faz campanha para Aécio

O ex-presidente Itamar Franco ingressou no PPS fazendo campanha para o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB). No campo das oposições só há uma candidatura efetivamente colocada, a do governador Aécio Neves, declarou hoje, durante a cerimônia de assinatura da ficha de filiação.

Agência Estado |

Itamar Franco afirmou que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), nunca reconhece publicamente que é candidata, assim como o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). Ao contrário, Aécio Neves já anunciou que deixará o governo em 2010 para disputar as eleições - candidato à Presidência ou ao Senado - e manifestou sua disposição de disputar prévias para decidir quem será o candidato tucano à sucessão de Lula.

Apesar de ser cabo eleitoral declarado de Aécio, como membro do PPS Itamar Franco tornou-se um nome avaliado também pelos aliados de José Serra. O ex-presidente tem sido considerado para o cargo de vice numa eventual chapa encabeçada pelo governador de São Paulo. A estratégia teria como objetivo aumentar as chances de Serra em Minas Gerais, Estado que é o segundo maior colégio eleitoral do País. Hoje, Itamar negou que tenha sido sondado por tucanos de São Paulo sobre a possibilidade de ser vice de Serra. "Se estou dizendo que a única candidatura colocada é a do governador Aécio Neves...", respondeu.

Presidente do PPS, o deputado federal Roberto Freire afirmou, em seu discurso, que Itamar Franco será "o que ele quiser e o que o povo assim determinar". "Hoje, ele está mudando o xadrez da política", declarou Freire. O deputado fez questão de ler carta enviada por José Serra cumprimentando Itamar Franco pela filiação ao PPS. Na carta, o paulista destacou a importância do governo Itamar Franco para estabilidade econômica do Brasil. A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), também enviou carta de apoio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG