Itália vai insistir no caso Battisti, diz subsecretário

O subsecretário de Justiça do governo italiano, Giacomo Caliendo, disse hoje que o país europeu insistirá com o Brasil na extradição do ex-terrorista Cesare Battisti, condenado por quatro homicídios na Itália e que recebeu status de refugiado político do Ministério da Justiça do Brasil. Continuaremos a insistir com o governo brasileiro, porque é a única maneira de induzi-lo a rever uma posição equivocada, disse Caliendo, durante um evento em Milão.

Agência Estado |

"Nós mantemos a nossa posição, mesmo porque o terrorismo na Itália foi processado com ritos normais e, diferente do que aconteceu em outros países, foi vencido por meio dos processos." Battisti foi condenado na Itália por envolvimento em quatro assassinatos nos anos 1970. Ex-militante do Proletários Armados pelo Comunismo (PAC), o italiano afirma ser inocente. A decisão do caso agora está com o Supremo Tribunal Federal (STF), que até o começo de março deverá se manifestar sobre a matéria. As informações são da Agência Ansa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG