Itagiba marca para amanhã depoimento de general Felix

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grampos da Câmara, deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), marcou para as 14h30 de amanhã o depoimento do ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Jorge Armando Felix, que comanda o gabinete ao qual está subordinada a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O general será ouvido sobre supostos grampos ilegais nos telefones do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

Agência Estado |

A notícia de que Mendes foi grampeado, possivelmente por funcionários da Abin, provocou forte reação do Judiciário e do Legislativo. O requerimento de convocação do ministro já havia sido aprovado na CPI, por causa de suspeitas de outras escutas ilegais da Abin, mas faltava marcar a data. Com as novas informações do fim de semana, o deputado Itagiba decidiu antecipar o depoimento. Segundo a Assessoria de Imprensa do presidente da CPI, o ofício de convocação foi recebido na manhã de hoje pela chefia de gabinete do general Felix e a presença do ministro foi confirmada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG