O presidente da CPI dos Grampos, deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), criticou a concessão do segredo de justiça em casos de crimes financeiros. Ele chegou a desafiar os juízes responsáveis pela Satiagraha e os ministros do Supremo para que abram o inquérito. Segundo o parlamentar, com a quebra do sigilo, o banqueiro Daniel Dantas seria indiciado pela CPI.

"Desafio os juizes da vara Federal de São Paulo e os juízes da Suprema Corte para que abram mão do segredo de justiça sobre a prática de atos de natureza criminosa para que a CPI e a população possa ter conhecimento", disse. "Infelizmente o Supremo nos negou dados que certamente levariam o senhor Daniel Dantas a ser indiciado por esta CPI", completou.

Itagiba também comentou que existe uma grande cobrança por parte da população em relação aos grampos no Brasil e que, sem os inquéritos que correm em segredo de justiça, a comissão fica de mãos atadas.

Leia também

Leia mais sobre: CPI dos grampos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.