habeas-corpus ao ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Paulo Lacerda." / habeas-corpus ao ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Paulo Lacerda." /

Itagiba critica habeas-corpus concedido pelo STF a Paulo Lacerda

BRASÍLIA - O presidente da CPI dos Grampos, deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), criticou nesta quarta-feira a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em conceder http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/04/14/lacerda+consegue+no+stf+suspender+depoimento+a+cpi+5532941.htmlhabeas-corpus ao ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Paulo Lacerda.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Paulo Lacerda deveria depor na tarde desta quarta-feira à CPI dos Grampo, mas ingressou com um habeas-corpus no STF pedindo para ser questionado por carta rogatória. O pedido foi aceito pelo ministro Marco Aurélio Melo na noite de terça-feira.

Desde que foi afastado da Abin, Lacerda trabalha em Portugal, como adido policial na embaixada brasileira em Lisboa. Ele seria questionado pelos deputados sobre a suposta participação ilegal da agência de inteligência na Operação Satiagraha, ação da Polícia Federal que culminou com a prisão do sócio-fundador do Opportunity, Daniel Dantas.

A decisão é legítima, mas me parece intromissão indevida do STF em atos de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), disse Itagiba. O agente publico deve ter obrigação de prestar contas perante CPIs e à Justiça. Ele sabia que ia ser ouvido, não obstante se dirigiu a Portugal, continuou o deputado.

Leia mais sobre: CPI dos Grampos

    Leia tudo sobre: cpi dos grampos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG