Israelense Amós Oz recebe prêmio alemão de literatura

Berlim, 13 dez (EFE).- O romancista, escritor e jornalista israelense Amós Oz destacou os valores europeus ao receber hoje o Prêmio Heinrich-Heine de literatura por sua criatividade literária, sensibilidade política e compromisso humano.

EFE |

O prêmio, concedido anualmente pela cidade alemã de Düsseldorf, oferece 50 mil euros. A entrega coincide com a data em que se completam 211 anos do nascimento de Heine nesta cidade alemã.

Amós Oz, um dos autores israelenses mais influentes de seu país, recebe esta distinção por buscar o entendimento entre israelenses e palestinos, e por sua defesa dos direitos humanos.

Em seu discurso de agradecimento, o autor de "A Caixa Preta" destacou a contribuição de judeus "universais" como Heine, Franz Kafka e Albert Einstein para que a Europa tenha aprendido a exercer a tolerância, a autocrítica e o "relativismo".

No entanto, acrescentou, a Europa esqueceu "durante um tempo que não existe uma só verdade que se encontre isolada, sem estar cerca de outras verdades e não verdades, e pelas paisagens inabarcáveis que oferece a poesia." Destacou o "legado europeu", que teria transformado Israel em uma sociedade moderna, e os valores de tolerância, racionalidade e pragmatismo, os "únicos" com os quais "poderia ser resolvido o conflito entre judeus e árabes", um conflito, acrescentou Oz, que "mantêm com vida fanáticos de ambos os lados". EFE umj-jcb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG