Os investigadores do 9º Distrito Policial (DP) do Carandiru, zona norte de São Paulo, desmentiram hoje a informação de que 99% do caso da morte da menina Isabella Nardoni, de 5 anos, já esteja solucionado. Eles disseram que nada avançou em relação a ontem.

"Não há nada de novo", afirmou um dos investigadores. Segundo notícia da Rede Globo, a Polícia Civil informou hoje que o caso já estava 99% solucionado.

No 89º DP, no Morumbi, zona sul da capital paulista, um investigador informou que a delegada Renata Pontes saiu da conversa que manteve hoje com a madrasta de Isabella, Anna Carolina Jatobá, "com uma sacola de pertences". Porém, ele não soube afirmar o conteúdo do pacote. Renata Pontes teve um encontro a portas fechadas com Anna Carolina e os dois advogados dela, Marco Polo Levorin e Rogério Neres de Sousa. De acordo com informações do 89º DP, a conversa durou cerca de meia hora e não foram divulgadas informações sobre o conteúdo.

Anna Carolina e o marido e pai de Isabella, Alexandre Alves Nardoni, detido no 77º Distrito Policial (DP), em Santa Cecília, região central da capital paulista, estão presos desde a quinta-feira da semana passada. Eles são suspeitos da morte da menina, ocorrida no dia 29 de março, ao cair do 6º andar do prédio onde o casal mora com os dois filhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.