Isabella: advogado aguarda denúncia e evita comentários

O advogado Marco Polo Levorin, que coordena a defesa do consultor jurídico Alexandre Nardoni e da mulher dele, Anna Carolina Jatobá, evitou hoje comentar o anúncio do promotor de Justiça Francisco Cembranelli de que oferecerá denúncia contra o casal amanhã. A denúncia só ganha realidade processual no momento em que é apresentada à Justiça, disse Levorin.

Agência Estado |

Indiciados pela morte da menina Isabella Nardoni, Alexandre Nardoni e Anna Carolina serão formalmente acusados pelo assassinato.

Levorin disse que aguarda o documento de denúncia para saber "como será narrado o fato, quais as motivações da Promotoria e as circunstâncias da decisão". Apesar disso, ele comentou a situação da defesa depois que o caso virar processo judicial. "O debate passará a acontecer num âmbito processual, respeitando os princípios da ampla defesa e do contraditório", disse. "São questões técnicas que mudam a forma de discutir o caso."

Levorin afirmou que ainda não teve acesso ao relatório final do caso, apesar de ter em mãos a íntegra do inquérito policial. O relatório, com cerca de 50 páginas, apresenta as conclusões dos delegados Calixto Calil Filho e Renata Helena Pontes, do 9º Distrito Policial (DP), do Carandiru, na zona norte de São Paulo, e pede a prisão preventiva do consultor jurídico e da mulher dele, pai e madrasta de Isabella. A decisão de Cembranelli sobre a prisão também será anunciada amanhã. Ele não antecipou a opinião.

    Leia tudo sobre: isabella

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG