BRASÍLIA - Mais de 300 agentes públicos perderam o cargo no ano passado, por envolvimento em irregularidades. Foram 347 expulsões do serviço público no total. Segundo dados divulgados hoje (14) pela Controladoria Geral da União (CGU), em 2008, houve 284 demissões, 28 cassações de aposentadorias e 35 destituições de cargos.

De acordo com a CGU, de 2003 a 2008, as expulsões somam a 1.969, sendo que as demissões de cargos efetivos totalizam 1.705; as destituições de cargos em comissão, 143; e as cassações de aposentadorias, 121.

As principais razões para a perda do posto são o valimento do cargo para obtenção de vantagens ¿ 984 ocorrências desde 2003 ¿ e improbidade administrativa, 580 casos no mesmo período. Outras razões para a perda da vaga são abandono de cargo (293), recebimento de propina (184) e prejuízo aos cofres públicos (159).

Leia mais sobre: irregularidades

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.