RIO DE JANEIRO - Seis dias depois do http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/10/20/acrobata+da+intrepida+trupe+e+encontrado+morto+em+sua+casa+no+rio+8893922.html target=_topassassinato do acrobata da Intrépida Trupe Caio Guimarães, o irmão da vítima Anderson Guimarães Jesus, de 41 anos, se entregou e confessou o crime, segundo a polícia.

De acordo com a polícia, Anderson disse que atingiu o irmão com um golpe de marreta depois de uma briga no apartamento onde Caio morava, em Santa Teresa.

Segundo policiais da 7ª Delegacia de Polícia (Santa Teresa), Anderson roubou três computadores de Caio. Ele deverá ser acusado de latrocínio (roubo seguido de morte).

A polícia investiga se mais uma pessoa participou do crime. Anderson foi levado para a Polinter, onde ficam presos em flagrante e os que aguardam julgamento.

Leia também

Leia mais sobre: assassinato

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.