SÃO PAULO - Natália de Souza, irmã do empresário Dácio Múcio de Souza Júnior, morto na padaria Dona Deôla, em Higienópolis, zona oeste da capital paulista, prestou depoimento no 77º Distrito Policial nesta quarta-feira. O crime aconteceu na madrugada de domingo após uma discussão com um funcionário do estabelecimento, que esfaqueou o empresário no abdome.

O empresário chegou à padaria acompanhado pela irmã, que teria discutido com o funcionário na semana passada. O empresário procurou a gerência da padaria para saber quais providências haviam sido tomadas após o ocorrido e, em seguida, começou a discutir com o funcionário.


À esquerda, Natália, que prestou depoimento, com irmã Manuela / AE

Natália, estudante de 20 anos, se preparava para ir embora da padaria quando soube, por uma funcionária, que o homem com quem o empresário brigava portava uma faca. Ao perguntar para este homem onde estava seu irmão, ele apontou para o empresário, que estava caído e sangrando. Levado ao Hospital Samaritano, ele não resistiu.

O funcionário fugiu do local. A ocorrência foi registrada no 77º Distrito Policial (Santa Cecília) e o delegado responsável solicitou perícia. O suspeito permanece foragido.

Dácio ao lado das filhas Manuela (e) e Nathalia, no enterro do filho / AE

Dácio Múcio de Souza Júnior era filho do empresário Dácio Múcio de Souza, fundador e presidente do grupo Europa, empresa fabricante de purificadores de água.

Leia mais sobre: violência

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.