IPC-Fipe repete alta de 0,34% na 3a quadrissemana

SÃO PAULO (Reuters) - A inflação ao consumidor em São Paulo ficou estável na terceira leitura deste mês sobre o período anterior, com um menor recuo dos preços de alimentos sendo contrabalançado por altas mais amenas de despesas pessoais e saúde. O Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) subiu 0,34 por cento na terceira quadrissemana de maio, ante alta de também 0,34 por cento na segunda quadrissemana.

Reuters |

Os preços do grupo Alimentação declinaram 0,27 por cento nesta leitura, após terem recuado 0,47 por cento na anterior.

Os custos de Despesas Pessoais aumentaram 2,06 por cento na terceira leitura, contra alta de 2,28 por cento na segunda. Esse grupo vem refletindo o reajuste dos cigarros.

Os preços de Saúde, que têm sido impactados pelo reajuste dos remédios, aumentaram 1,13 por cento, abaixo da alta anterior de 1,77 por cento.

O IPC mede a variação dos preços no município de São Paulo de famílias com renda até 20 salários mínimos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG