Ipatinga vence o Sport por 3 a 0 e ainda respira

O Ipatinga venceu o Sport por 3 a 0 neste sábado, no Estádio Ipatingão, e ainda respira no Campeonato Brasileiro: embora siga na lanterna, com 34 pontos, o time do Vale do Aço ainda tem chances matemáticas de escapar do rebaixamento para a Série B. O Sport, com 45 pontos, segue em 12º lugar e sem maiores pretensões na competição, pensando apenas na Libertadores de 2009, que disputará como campeão da Copa do Brasil.

Agência Estado |

Precisando dos três pontos, o Ipatinga se mostrou mais interessado no jogo desde o início e saiu com tudo para o ataque, abrindo o placar logo a 11 minutos: após cruzamento da esquerda, Ferreira dominou, girou e mandou no ângulo esquerdo de Magrão.

A resposta do Sport veio em bola parada. Aos 18, o lateral Sidny arriscou de fora da área e assustou o goleiro Fernando. A outra chance só surgiu aos 35, quando Dutra arriscou de fora da área e Fernando defendeu firme. Fora esses lances isolados, o Ipatinga manteve maior volume de jogo e esteve mais perto de ampliar do que o Sport de chegar à igualdade. Em uma delas, aos 40, Luis Fernando cruzou e Leandro Salino, por muito pouco, não marcou de cabeça.

Na segunda etapa, a forte chuva prejudicou a qualidade técnica da partida e as duas equipes passaram a abusar dos chutões. A primeira chance só surgiu aos seis minutos, após bate-rebate na área ipatinguense, Fumagali pegou a sobra, mas finalizou por cima do gol de Fernando. Em desvantagem no marcador, o Sport resolveu sair para o jogo, mas esbarrou na boa postura da defesa ipatinguense. Aos 17, Fumagalli chutou prensado e quase surpreendeu Fernando, que fez boa defesa.

O Ipatinga, que havia abdicado do ataque para tentar segurar o resultado positivo, tinha seus lampejos. Aos 20, Gian em cobrança de falta exigiu boa defesa de Magrão. Aos 34, foi Leandro Salino que invadiu a área e acertou o travessão do time pernambucano. Ao perceber a fragilidade do adversário, o time mineiro adiantou a marcação e passou a criar mais oportunidades. O resultado surgiu aos 39, quando Gian cobrou falta com violência sem chance para Magrão.

Quando a vitória já estava definida, aos 48 minutos, Luciano Mandi foi derrubado por Magrão na grande área. Na cobrança de pênalti, Ferreira decretou a vitória do Ipatinga, que tem como próxima parada o Palmeiras, no domingo que vem, no Palestra Itália. No mesmo dia, o Sport segue cumprindo tabela, agora contra o Atlético-MG, que também não tem mais aspirações no campeonato.

Ficha técnica

Ipatinga 3 x 0 Sport

Ipatinga - Fernando; Márcio Gabriel (Afonso), Gian, Sílvio e Baroni; Recife, Júlio, Leandro Salino e Luiz Fernando (Luciano Mandi); Pablo Escobar (Leo Silva) e Ferreira. Técnico: Enderson Moreira.

Sport - Magrão; Igor, César e Durval; Sidny (Joelson), Fábio Gomes, Júnior Maranhão (Kássio), Fumagalli e Dutra; Enílton (Wilson) e Roger. Técnico: Nelsinho Baptista.

Gols - Ferreira, aos 11 minutos do primeiro tempo; Gian, aos 39, e Ferreira (pênalti), aos 48 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Sandro Meira Ricci (DF).
Cartões amarelos - Leandro Salino e Augusto Recife (Ipatinga); Dutra, César e Magrão (Sport).
Renda - R$ 4.200,00.
Público - 530 pagantes (1.485 no total).
Local -: Estádio Ipatingão, em Ipatinga (MG).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG