Investigados pela Justiça, vereadores tomam posse no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO - Cristiano Girão (PMN), Carminha Jerominho (PT do B) e Claudinho da Academia (PSDC), todos investigados pela Justiça, tomaram posse nesta quinta-feira na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro.

Redação |

AE
Cristiano Girão

Cristiano Girão, do PMN

Cristiano Girão é suspeito de envolvimento com a milícia da Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na zona oeste. Carminha Jerominho é acusada de participação na milícia conhecida por "Liga da Justiça". Ela chegou a ficar detida no presídio de segurança máxima da cidade de Catanduvas, no Paraná.

Já Claudinho da Academia, líder comunitário da Rocinha, é investigado pela Polícia Federal por suposto envolvimento com o tráfico de drogas.

Câmara sob nova direção

Os vereadores do Rio elegeram nesta manhã, após a posse, a nova composição da mesa diretora. O presidente da Câmara é Jorge Felippe (PMDB), o 1º vice-presidente é Stepan Nercessian (PPS) e o 2º vice-presidente é o Carlo Caiado (DEM). O 1º secretário é o doutor Jairinho (PSC) e a 2ª secretária é Patrícia Amorim (PSDB). Os suplentes são, pela ordem, Nereide Pedregal (PDT) e doutor Carlos Eduardo (PSB).

A renovação da Câmara foi de 47.7%. Foram eleitos 51 vereadores e o partido com mais vereadores é o DEM, com 8 nomes. O PMDB e o PSDB têm cinco parlamentares, cada um.

Luiz Guaraná, eleito vereador pelo PSDB, vai pedir licença do cargo para

AE
Carminha Jerominho

Carminha Jerominho, do PT do B

assumir a secretaria municipal de obras, assim como Márcio Pacheco, do PSC, que vai ser secretário de pessoas com deficiência.

Clarissa Garotinho

A vereadora Clarissa Matheus (PMDB), filha do ex-governador Anthony Garotinho, foi escolhida líder da bancada do PMDB na Câmara dos Vereadores. A parlamentar foi eleita vereadora pela primeira vez, com 42.062 votos, em outubro.

É uma honra ser eleita líder do partido na Câmara por unanimidade. Espero, durante o meu mandato, poder votar em conjunto com a bancada e o Poder Executivo, disse a vereadora. De acordo com Clarissa, o seu relacionamento com o novo prefeito do Rio, Eduardo Paes, também do PMDB, é da melhor possível.

Segundo ela, houve discordância entre os dois no período de realização de acordos partidários, mas essas desavenças ficaram para trás. Houve uma disputa política no período de acordo partidário, mas essas disputas já estão superadas, afirmou. A Câmara Municipal e o governo da cidade têm de andar afinados para fazer o melhor pela nossa cidade.

Anthony Garotinho também foi à posse. Para ele, Paes está iniciando uma nova gestão de forma positiva. O Eduardo Paes está começando muito bem, ele tem um secretariado composto por diversas forças políticas, sem desprestigiar o PMDB.

AE
Anthony Garotinho e sua filha, a vereadora Clarissa

Anthony Garotinho e sua filha, a vereadora Clarissa

Leia mais sobre: vereadores

    Leia tudo sobre: riovereador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG