Um adolescente de 16 anos, interno da Fundação Casa em Sorocaba (SP), foi encontrado morto, ontem, no interior da unidade. Ele tinha manchas arroxeadas nos membros inferiores, mas não apresentava sinais de violência.

A corregedoria da Fundação abriu sindicância para apurar a causa da morte.

De acordo com a direção da unidade, os agentes de apoio fizeram a chamada dos adolescentes para as atividades do dia, mas o rapaz não se levantou da cama. Outros internos o sacudiram e notaram que o corpo estava rijo. A Polícia Civil fez uma perícia no local. No boletim de ocorrência, a morte foi registrada como "suspeita".

Segundo a Fundação Casa, o rapaz não tinha problemas de saúde e se relacionava bem com os outros internos. A instituição acredita na hipótese de morte por causa natural. Ele estava internado desde novembro, após uma tentativa de roubo. De acordo com policiais, na época ele seria usuário de maconha, mas nenhuma droga foi apreendida com o adolescente.

No sepultamento, ontem, em Sorocaba, familiares cobravam explicações sobre a morte. A polícia vai aguardar o laudo, que fica pronto em 30 dias, para decidir se abrirá inquérito.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.