Interferência solar pode atrasar voos até dia 24

Técnicos da Aeronáutica identificam aumento de probabilidade da formação de "sombas"

AE |

selo

Os atrasos em voos que já atormentam a vida dos passageiros podem ser intensificados desta sexta-feira até o dia 24. Técnicos da Aeronáutica identificaram aumento da probabilidade da formação de "sombras" provocadas pelo alinhamento entre o Sol, as antenas e os satélites usados nas comunicações de rádio entre os aviões e o controle de tráfego aéreo.

Por motivos de segurança, a Aeronáutica informa que poderá ser obrigada a adiar decolagens caso sejam verificadas "sombras" ao longo das rotas. Elas têm o poder de interferir na comunicação entre os controladores de voo e os pilotos. Projeções feitas por técnicos do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) indicam que as "sombras" sobre o sistema de rádio podem ocorrer com mais frequência de hoje até o dia 24, sempre entre 14 horas e 15 horas. A duração varia de 3 minutos a 16 minutos.

As empresas aéreas brasileiras, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) foram notificadas ontem sobre o fenômeno. A ideia é que, de hoje até o dia 24, os passageiros sejam informados sobre a probabilidade de atrasos em voos por meio do sistema de som dos aeroportos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: aeroportosvoossolaeronauticaproblemas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG